Ótimo texto, Bruno! Parabéns!

Talvez um texto futuro interessante seja sobre as críticas que pessoas como Lionel Briand (uma pessoa de renome dentro da comunidade acadêmica de Engenharia de Software) e Paul Ralph fazem ao que se pesquisa em ES.

Lionel reclama que muitos bons artigos em áreas mais aplicadas de ES são rejeitados pois os revisores não conseguem enxergar a inovação na abordagem. Alguns revisores, segundo eu entendi do que Briand diz, acham que só porque artigo X fez algo parecido 3 anos atrás, mas que não funciona na prática, o artigo Y (parecido com X mas que funciona na prática) não tem novidade.

Vejo, meio que de fora pois estou longe de ser um pesquisador de ponta na área, um belo esforço em nossa comunidade para ser mais inclusiva em relação a trabalhos científicos com aplicação prática. Por exemplo, a trilha Engenharia de Software na Prática da principal conferência, o ICSE https://conf.researchr.org/track/icse-2020/icse-2020-Software-Engineering-in-Practice e a a Trilha “Na Prática” do Jorunal of Systems and Software https://www.journals.elsevier.com/journal-of-systems-and-software/news/in-practice-track-announcement. Mas ainda vejo o pessoal que realmente submete artigos nesta linha reclamar muito no Twitter.

Nassim Taleb, uma pessoa que não considero que faz parte da Academia, faz críticas duras e, na minha opinião, pertinentes a toda a Academia, não apenas à ES, em O Problemas da Academia. Talvez precisemos “reescrever todo o código” da Academia. Por exemplo, algo que não faz sentido algum patra mim é que um pesquisador seja valorizado por conseguir muita verba. Para mim um pesquisador deveria ser valorizado apenas pelos seus achados, que podem incluir conhecimento negativo. Por exemplo, algo como “fulano deu evidências de que programação em pares não funciona quando os dois programadores são experientes”.

Sobre os ganhos que um desenvolvedor tem fazendo Mestrado ou Doutorado, acrescento um que é um pouco triste para o país: facilita receber um visto para trabalhar no exterior.

Sou Professor da UTFPR. Aqui publico textos em português. Texto em inglês estão em https://medium.com/@adolfont Twitter: https://twitter.com/adolfont.

Sou Professor da UTFPR. Aqui publico textos em português. Texto em inglês estão em https://medium.com/@adolfont Twitter: https://twitter.com/adolfont.